Babosa: Benefícios para a Pele e Digestão

Benefícios da Babosa

Também chamada de Aloe Vera, a Babosa é usada para constipação, problemas de pele, infecções e para cólicas. É comum encontrar essa planta em produtos farmacêuticos, dermatológicos e até em alimentos. A fabricação de extratos de babosa é uma das maiores indústrias botânicas do mundo.

Informações sobre a babosa

A Babosa produz duas substâncias usadas na medicina: o gel é obtido a partir das células no centro da folha e o látex é obtido das células logo abaixo da pele da folha.

A maioria das pessoas usa gel de babosa como remédio para problemas de pele, isso inclui queimaduras, psoríase e feridas, mas há diversos outros benefícios da babosa. Ela também é usada para tratar osteoartrite, problemas intestinais, febre e inflamação.

O que é a Babosa?

Babosa é uma das 420 espécies do gênero Aloe. O nome científico da babosa é o Aloe barbadensis, e pertence à família Liliaceae. É uma planta perene, verde e tem folhas triangulares e carnudas com bordas serrilhadas. É originária do Sudão, e posteriormente foi introduzida na região do Mediterrâneo e na maioria das outras áreas mais aquecidas do mundo, incluindo o Brasil.

Gel de babosa

O gel de babosa é um transparente, semelhante a geléia, encontrada na parte interna da folha da babosa. Alguns produtos de babosa são feitos de toda a folha esmagada, de modo que eles contêm gel e látex.

Compostos benéficos da babosa

A babosa é considerada a mais ativa da espécie Aloe. Vários componentes ativos já foram identificados como vitaminas, minerais, antraquinonas, enzimas, lignina, saponinas e ácidos salicílicos. Ela fornece 20 dos 22 aminoácidos necessários humanos e oito dos oito aminoácidos essenciais.

Babosa contém muitas vitaminas e minerais essenciais para o crescimento e função de todos os sistemas do corpo. Aqui está uma explicação fácil dos componentes ativos da babosa:

  • Babosa contém vitaminas antioxidantes A, C e E
  • Contém oito enzimas, incluindo fosfatase alcalina, amilase, carboxipeptidase, catalase, celulase, lipase e peroxidase.
  • Minerais como cálcio, cobre, selênio, cromo, manganês, magnésio, potássio, sódio e zinco estão presentes na babosa.
  • Fornece 12 antraquinonas – compostos conhecidos como laxantes. Entre eles estão a aloína e a emodina, que atuam como analgésicos, antibacterianos e antivirais.
  • Quatro ácidos graxos estão presentes, incluindo colesterol, campesterol, beta-sisosterol e lupeol – todos fornecendo resultados anti-inflamatórios.
  • Hormônios conhecidos como auxinas e giberelinas. Eles ajudam na cicatrização de feridas e possuem propriedades anti-inflamatórias.
  • Babosa também fornece açúcares, como monossacarídeos (glicose e frutose) e polissacarídeos.

Benefícios da Babosa

Irritações na Pele

Há muitos artigos que estudaram o papel do uso tópico da babosa em condições de pele e melhora da cicatrização de feridas, incluindo o tratamento de psoríase, dermatite, mucosite oral, feridas cirúrgicas e remédio caseiro para queimaduras. O extrato de babosa pode proporcionar um alívio rápido da coceira associada a dermatite e regeneração da pele.

Um estudo de 1996 realizado no Departamento de Fisiologia Clínica na Suécia incluiu 60 pacientes com psoríase crônica que participaram de um estudo randomizado, duplo-cego, controlado de babosa ou creme placebo. A taxa de cura no grupo de babosa foi de 83%. Em comparação com apenas 7% no grupo de placebo.

Tratar queimaduras

O gel de babosa tem um efeito protetor contra danos causados ​​pela radiação na pele. Quando o gel de babosa é usado em queimaduras, ela evita os danos induzidos por raios UV.

Cura feridas

Quando o gel de aloe vera é aplicado a uma ferida, ela ajuda a melhorar o desconforto e ajuda a acelerar o processo de cicatrização. Também é segura quando consumido oralmente. Babosa tem propriedades antivirais e anti-inflamatórias que aceleram a cicatrização e reduzem a dor associada a feridas ceras – ou feridas na boca.

Os aminoácidos e vitamina B1, vitamina B2, vitamina B6 e vitamina C também são extremamente úteis. Um dos benefícios da vitamina B6, por exemplo, é atuar como um tratamento natural da dor e ajudar na produção de anticorpos.

Hidrata cabelo e couro cabeludo

Babosa é um excelente remédio natural para cabelos ressecados ou couro cabeludo com coceira. Tem propriedades nutritivas e vitaminas e minerais que mantêm seus cabelos fortes e saudáveis. Devido às propriedades antibacterianas e antifúngicas da babosa, também ajuda na diminuição da caspa e as enzimas do gel podem livrar o couro cabeludo de células mortas e promover a recuperação da pele ao redor dos folículos capilares.

Babosa também ajuda a diminuir a coceira associada à caspa ou ao couro cabeludo ressecado. Muitos xampus e condicionadores contém produtos químicos que danificam o cabelo e podem até causar inflamações e irritações na pele.

Trata a constipação

O uso do látex da babosa como um laxante é bem pesquisado. As antraquinonas presentes no látex criam um efeito laxante que aumenta o teor de água no intestino, estimula a secreção de muco e aumenta o peristaltismo intestinal.

Em um ensaio duplo-cego, randomizado e controlado de 28 adultos saudáveis, o látex de babosa mostrou ter um efeito laxante em comparação com um placebo que era mais forte do que o laxante fenolftaleína – tornando a babosa um remédio natural para alívio da constipação.

Ajuda na digestão

Devido aos seus componentes anti-inflamatórios e laxantes, outro benefício da babosa é a sua capacidade de ajudar na digestão. O suco de babosa ajuda a digestão, diminui a formação de fermentação e regulariza o processamento intestinal.

Um estudo relatado no Journal of Research in Medical Sciences descobriu que 30 ml de suco de babosa duas vezes ao dia diminuiu o nível de desconforto em 33 pacientes com síndrome do intestino irritável. A flatulência também diminuiu para os participantes, mas a consistência, urgência e frequência de fezes permaneceram as mesmas. Embora o estudo demonstre que a babosa pode ser benéfica, é necessário mais informações para concluir que ela pode ser um tratamento eficaz.

Melhora o sistema imunológico

As enzimas presentes na babosa quebram as proteínas que comemos em aminoácidos. A bradicinase presente na babosa estimula o sistema imunológico e diminui infecções. O zinco também é um componente importante na babosa – tornando-se uma ótima fonte para combater a deficiência de zinco.

Isso nos ajuda a evitar doenças, matar bactérias e proteger a função de nossas membranas celulares. O zinco também é um componente estrutural chave para uma série de receptores hormonais e proteínas que contribuem para um humor saudável e equilibrado e função imune.

Um relatório de 2014 aponta que a babosa está sendo estudado por seus usos em odontologia. Isso ocorre porque se revelou ser uma planta anti-séptica, anti-inflamatória, antiviral e antifúngica, e é muito boa na melhora do sistema imunológico sem causar reações alérgicas ou efeitos colaterais.

Possui antioxidantes e reduz a inflamação

Sabemos que a inflamação está na raiz da maioria das doenças. A Babosa fornece uma incrível quantidade de vitaminas e minerais que ajudam a reduzir a inflamação e combater os danos nos radicais livres.

A vitamina A, por exemplo, desempenha um papel crítico na manutenção de uma visão saudável, função neurológica e pele saudável porque é um antioxidante que reduz a inflamação. A vitamina C é outro componente importante encontrado na babosa. Ela protege o corpo de doenças cardiovasculares, problemas de saúde pré-natal, doenças oculares e até rugas na pele. Os benefícios da vitamina E incluem ser um poderoso antioxidante que reduz o dano dos radicais livres, combate a inflamação e ajuda a reduzir o envelhecimento das células.

Essas propriedades antioxidantes também são úteis quando você está exposto à fumaça de cigarro ou a raios UV – eles protegem a pele do câncer de pele e combatem a inflamação da pele após a exposição ao sol. A babosa também pode naturalmente tratar acne e eczema, uma vez que ajuda o processo de cicatrização na pele. A bradicase, também presente na babosa, ajuda a reduzir a inflamação excessiva quando aplicada na pele topicamente.

Ajuda na manutenção da glicemia

Algumas evidências em humanos e animais sugerem que a babosa é capaz de aliviar a hiperglicemia crônica e o perfil lipídico que são comuns entre pessoas com diabetes e são fatores de risco importantes para complicações cardiovasculares.

Em dois estudos clínicos relacionados, 72 mulheres com diabetes sem terapia com medicamentos ingeriram uma colher de sopa de gel de aloe vera ou um placebo durante seis semanas. Os níveis de glicose no sangue e níveis séricos de triglicerídeos foram significativamente reduzidos com o tratamento com a babosa. No segundo ensaio, os efeitos do gel de aloe vera ou placebo em combinação com glibenclamida, uma medicação antidiabética, foram investigados. Isso também resultou em reduções significativas nas concentrações de glicose no sangue e triglicerídeos séricos no grupo que consumiu babosa.

Babosa: Benefícios para a Pele e Digestão
5 (100%) 1 votos

É possível perder peso rápido? Muitas pessoas querem perder peso de forma rápida e fácil, mas isso não é necessariamente saudável. Dependendo do método, a rápida perda de peso pode...
Apendicite: Quais os sintomas mais comuns? O apêndice é um órgão parecido com uma bolsa ligado ao intestino grosso. A apendicite é uma inflamação do apêndice. Está localizado no lado inferior d...
Como Evitar a Overdose de Ibuprofeno Quando você ouve a palavra "overdose", imagens de drogas duras ou medicamentos prescritos poderosos provavelmente vêm à mente. E as chances são, você ...
9 benefícios da melancia para a saúde A melancia é uma fruta hidratada de baixa caloria e é um alimento antioxidante natural, além de uma fonte de vitaminas e minerais que podem ajudar a c...
O que é bom para pressão alta? 8 alimentos que baixam a pressão arterial Existem inúmeras carnes, legumes e frutas que detêm a capacidade de reduzir naturalmente a pressão alta e prevenir os sintomas da hipertensão. A maior...