4 Razões para não parar de consumir Glúten

glúten

Uma onda de desinformação ronda a alimentação das pessoas nos últimos anos, uns dizem que glúten faz mal outros dizem que não, o mesmo ocorre com o leite, ovos entre outros alimentos.

Quem está certa? Aqui estão 4 motivos para não cortar o glúten.

Cada corpo é único

Dentro das ciências da saúde é comum aceitar que apesar de o nosso corpo funcionar de maneiras similares e sempre haverá diferenças, existe o que se chama do princípio da individualidade biológica, ou seja, cada corpo possui pequenas diferenças que devem ser levadas em conta numa dieta, tratamento médico ou qualquer terapia que envolva seu corpo.

Glúten é uma proteína como qualquer outra

Glúten é uma proteína presente em cereais como trigo, centeio e cevada. Durante toda história da humanidade as pessoas consumiram essa proteína sem dano a saúde.

Somente 1% das pessoas não digere o glúten

Existem algumas pessoas têm uma condição que se chama Doença Celíaca que faz com que o glúten não seja digerido completamente levando a quadros de alergia, nesse caso recomenda-se que não ingira esse tipos de cereais e tenha uma dieta específica feita por um profissional de nutrição.

Pão faz parte da cultura brasileira e mundial

Quem não gosta de um pão na chapa? Uma panqueca de carne? Bolo de banana? O trigo é difundido na culinária nacional e retirar esse componente importante é deixar um vácuo que não será substituído pois o glúten tem como principal característica fazer pães e bolos mais macios.

Deve-se sempre dar preferência para o trigo integral e não o processado (branco) pois esse alimento possui mais carboidratos e se ingerido em altas quantidades e associados ao sedentarismo pode levar a distúrbios metabólicos como obesidade, hipertensão, diabetes entre outros. Para saber sobre suas necessidades individuais e protocolos de refeição deve-se consultar um nutricionista.